Os 11 destinos turísticos mais perigosos do mundo

O mundo está cheio de lugares perigosos, onde apenas os mais aventureiros se arriscam. Nesta lista, você vai conhecer 11 dos lugares mais perigosos do planeta.

Confira:

1. Vale da Morte – EUA.

O Vale da Morte, localizado nos Estados Unidos, não tem esse nome por coincidência. Trata-se de um deserto terrivelmente quente, com temperaturas que podem alcançar os 56,7ºC. Sem suprimentos adequados de água, você sobrevive apenas 14 horas por lá.

© Tpsdave

2. Deserto Danakil – Etiópia.

Mais um deserto com temperaturas que ultrapassam os 50ºC, além de contar com várias cavernas, gêiseres, e gases tóxicos. Ficar perdido neste local é quase uma sentença de morte. Para se ter uma ideia, é estritamente proibido visitar o deserto sem estar acompanhado por um guia.

© (c)V

3. Monte Washington, EUA.

Pensa que já viu ventos extremamente rápidos? Então provavelmente você não conhece o Monte Washington. Em seu topo, os ventos atingem velocidades de até 327 km/h. Apesar de não ser assim tão alto, comparado com outros lugares da Terra, o Monte Washington com seus 1917 metros oferece vários riscos para os que se aventuram por lá.

© The Pilot’s-Eye View

4. Vulcão Sinabung – Indonésia.

Trata-se de um vulcão extremamente ativo, e que sempre que entra em atividade afeta vários quilômetros em sua redondeza, levando destruição e até mesmo deixando moradores locais sem abrigo. O vulcão esteve ativo, por exemplo, em 2010, 2013, 2014 e 2015. A última explosão ocorreu em 27 de fevereiro de 2016, quando uma nuvem mortal de rochas e gases foi liberada nos céus da Indonésia. Ninguém sabe ao certo o que esperar deste vulcão para os próximos anos.

© Gonzalo Saenz de Santa Maria Poullet
© M.Jacobs

5. Ilha da Queimada Grande – Brasil.

Você tem medo de cobras? Então eis um lugar que você não deveria visitar de forma alguma – até porque isso é proibido pelo governo local. A Ilha da Queimada Grande é considerada parte do município de Peruíbe, no estado de São Paulo, e trata-se de uma ilha repleta de cobras. De acordo com estimativas, são pelo menos 5 cobras por metro quadrado, e não faltam histórias que retratam o triste fim das pessoas que um dia ousaram pisar por lá.

Atualmente, o governo proibiu terminantemente a presença de turistas na ilha.

© Joao Marcos Rosa

6. Parque Nacional Madidi – Bolívia.

Em um primeiro momento, você pode achar este local extremamente bonito, e pode até mesmo ter vontade de acrescentá-lo em seus planos de viagem. No entanto, você não vai poder entrar lá.

Isso porque o Parque Nacional Madidi é casa para a fauna mais agressiva e venenosa do mundo. Quase tudo é venenoso por lá, e até mesmo o simples toque em uma planta pode ser fatal para um ser humano.

© Jess Kraft

7. Vale da Morte de Kamchatka, na Rússia.

A Península de Kamchatka, no Extremo Oriente da Rússia, também tem seu próprio Vale da Morte. Altas concentrações de gases tóxicos encontrados nessa área representam uma séria ameaça a todos os seres vivos: plantas e animais morrem rapidamente, enquanto as pessoas logo começam a se sentir indispostas e a ter febre, tontura e calafrios.

© (с) Igor Shpelenok

8. Atol de Bikini – Ilhas Marshall.

O Atol de Bikini pode também parecer uma ilha paradisíaca perdida em meio ao oceano. No entanto, o local serviu como laboratório para testes nucleares durante muito tempo, o que transformou a ilha em um ambiente repleto de radioatividade. Os níveis de radiação por lá são capazes de provocar danos severos em seres humanos, incluindo câncer.

© (с) Pixabay

9. Reino do Elefante – Tailândia.

Que tal alimentar crocodilos em uma jangada improvisada que não transmite tanta segurança assim? É exatamente isso que muitos turistas procuram no “Reino do Elefante” (Elephant Kingdom), localizado em Chonburi, na Tailândia.

E aí, vai encarar?

© Jon Nok / SWNS

10. Triângulo de Afar – Etiópia.

O vulcão Erta Ale, na região de Afar, na Etiópia, é um dos vulcões mais perigosos do planeta. Pequenos terremotos estão constantemente atingindo a região, formando numerosos abismos profundos. Isso acontece porque Erta Ale contém dois lagos de lava em sua cratera. A quantidade de lava está constantemente mudando, fazendo com que a superfície da Terra se agite para cima e para baixo.

© Matthew and Heather

11. Lago Natron – Tanzânia.

Pode parecer uma paisagem extraterrestre, mas essa foto foi feita no lago Natron, na Tanzânia. A crosta de sal alcalino na superfície do lago é tão perigosa que todas as criaturas vivas morrem ao entrar em contato com ela. Por razões óbvias, nadar neste lago é estritamente proibido, e o forte odor de sulfeto de hidrogênio proveniente da superfície do lago não permite que você admire a paisagem deslumbrante por muito tempo.

© Bildagentur Zoonar GmbH

via BrightSide.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.