Essas são as regras bizarras que o papel do Ronald McDonald exige

De acordo com declarações oficiais da empresa, Ronald McDonald “perde apenas para o Papai Noel em termos de reconhecimento”. E não é mesmo? Você sem dúvida reconhece de vista esse palhaço vermelho e amarelo, quer goste dele ou não. O curioso é que o vínculo empregatício para quem desempenha seu papel não é tão simples quanto parece. Na verdade, existem algumas regras bastante bizarras que a pessoa por trás do personagem é obrigada a seguir.

A primeira e mais crucial das regras, assim como na Disney e a maioria dos mascotes em geral, é que Ronald nunca pode revelar sua verdadeira personalidade. Quando ele está fantasiado, ele só pode responder pelo nome do personagem – Ronald McDonald. E isso é bastante compreensível, visto que é uma estratégia para não se perder a magia.

A empresa também gosta de fazer as pessoas acreditarem que existe apenas um Ronald. Como ele aparece em vários países ao mesmo tempo no mesmo dia é um segredo que a empresa nunca nos dará a resposta. No entanto, eles não permitem que dois Ronald’s sejam vistos juntos.

E não para por aí! O McDonald’s tem uma série de outras regras que as pessoas que representam sua empresa devem seguir. Em 1972, Aye Jaye, o “Chefe Palhaço” encarregado de supervisionar a contratação e treinamento de Ronalds, criou um guia chamado “Ronald e Como treinar facilmente novos funcionários com base nas regras”.

Veja a seguir mais algumas outras regras bizarras:

1 – Eles não podem abraçar crianças, apenas dar tapinhas em suas costas;

2 – Eles precisam assinar diversos papéis prometendo nunca revelar o que aprenderam trabalhando para a empresa (medo);

3 – Eles precisam promover a ideia de diversão para seus clientes, de modo que não devem promover diretamente os alimentos;

4 – Se as crianças perguntarem, eles são proibidos a dizerem que os hambúrgueres vêm de animais;

5 – Quando à caráter, eles não podem comer alimentos McDonald’s pois poderia borrar sua maquiagem;

6 – Eles precisam estar em forma ou pelo menos possuir um corpo que pareça em forma;

7 – Eles devem seguir um roteiro ao responder perguntas feitas pelos clientes. Se eles souberem de algo, são instruídos a dizer: “pergunte a alguém usando sapatos normais”.

O que achou dessas revelações sobre o palhaço da gigante fast-food? Não deixe de compartilhar com a gente sua opinião nos comentários!

[Reader’s Digest]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.