Cientistas dizem que suas fotos do Instagram falam mais sobre você do que você imagina

Suas fotos no Instagram podem revelar muito mais sobre você do que o que você comeu no café da manhã ou quem é seu #crush atual, sugere uma nova pesquisa.

Quer você goste ou não, o Instagram se tornou parte integrante da vida de nossa geração e, seja uma foto de um filhote fofo, seu parceiro ou uma selfie bizarra, o que publicamos nas fotos diz muito sobre quem somos.

O que a cor e o filtro de uma foto indicam

Cientistas da Universidade de Sungkyunkwan analisaram os perfis de 179 pessoas (25.394 fotos no total). O estudo estava focando na cor como um dos elementos-chave do estilo. Eles perceberam que as pessoas em relacionamentos postavam fotos coloridas com mais frequência do que usuários que não tinham um parceiro.

Pesquisadores da Universidade de Harvard e da Universidade de Vermont analisaram 43.950 fotos de usuários do Instagram e descobriram que pessoas em depressão costumam postar fotos com mais frequência. Além disso, seus rostos são o foco principal em suas fotos. Eles também não usam filtros com frequência. Fotos de pessoas em depressão têm mais tons escuros, azuis e cinzas em destaque. Elas também dão preferência a fotos em preto e branco.

O que o tema de uma foto pode dizer

Você é daqueles que não suporta fotos e mais fotos ​​de comida em seu feed de notícias do Instagram? Acontece que essa prática pode ser benéfica, por incrível que pareça. Pesquisadores chegaram à conclusão de que quando as pessoas compartilham fotos de seus pratos e as receitas do que cozinham, fica mais fácil para elas manter a dieta correta e até mesmo perder peso. A prática acaba transformando um perfil do Instagram em um diário de dieta, enquanto “curtidas” e comentários de amigos motivam os usuários a continuar escolhendo alimentos saudáveis.

Alguns especialistas acham que as pessoas que postam muitas fotos com seus parceiros tentam disfarçar os problemas que enfrentam no relacionamento. Comentários como “minha mulher” ou “meu homem” podem indicar sentimentos de possessividade.

O que mais pode ser revelado pelo seu perfil?

Pessoas com menos de 25 anos são menos propensas a sorrir em fotos de perfil. Essa característica foi identificada pelos pesquisadores da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Informação do Estado da Pensilvânia e do King’s College, em Londres, Inglaterra.

Os usuários do Instagram que tendem a marcar seus amigos em fotos são menos propensos à solidão. Por outro lado, as pessoas que postam fotos que não são direcionadas a ninguém e que não motivam outras pessoas a comentarem e compartilharem experiências tendem a ser mais solitárias.

Selfies nem sempre revelam narcisismo. Existem 3 grupos de amantes de selfie: “comunicadores”, “autobiógrafos” e “auto-publicistas”. Os primeiros compartilham suas fotos para envolver seus amigos e seguidores em uma discussão. “Autobiógrafos” fazem selfies para capturar momentos memoráveis ​​de suas vidas. Eles não se importam que outras pessoas vejam suas fotos, mas fazem selfies para manter suas memórias e não por “curtidas”. Os “publicitários” gostam de mostrar quase todos os passos da sua vida, tentando criar uma boa autoimagem.

E você? Se identificou em alguma situação dessas ou alguém que você conheça? Compartilhe com a gente nos comentários!

[Bright Side]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.