15 segredos de filmes famosos do cinema sobre os quais os cineastas prefeririam ficar calados

Dificilmente vemos tudo que passa por trás de um filme. Dublês, efeitos especiais, cortes e todos os tipos de ferramentas ajudam a cobrir os acontecimentos por trás de um belo filme, mas nem sempre as coisas são o que parecem. As histórias dos filmes podem ser maravilhosas, no entanto, a da equipe de produção pode ser um tanto caótica, seja no sentido positivo ou negativo.

Veja a seguir 15 segredos de filmes famosos do cinema sobre os quais os cineastas prefeririam ficar calados:

15 – No filme “Uma Linda Mulher” de 1990, a atriz Julia Roberts se recusou a atuar em cenas explícitas. Mas o diretor do filme encontrou uma saída e, em algumas cenas, a dançarina profissional Shelley Michelle substituiu Julia. Além disso, você acredita que no pôster do filme, a única parte do corpo da personagem que fato pertence a Júlia é seu rosto? O resto do corpo também é da sua substituta.

14 – Em “Titanic”, as gravações de uma rápida cena de almoço chegaram a durar quase dois dias. O motivo é que essa parte do filme é repleta de detalhes – close-ups, ângulos complexos e muita ação.

13 – Sabe aquela cena em que o ator acaba sofrendo com a remoção de pelos do peito no filme “O Virgem de 40 Anos”? Por mais doloroso que tenha sido, o ator Steve Carell realmente teve que passar pelo procedimento. Segundo o sacana do diretor, essa cena só seria convincente se o ator expressasse a dor “sem filtro”.

12 – Às vezes, as soluções podem ser mais simples do que parecem. No filme “Despedida de Solteiro em Las Vegas” um dos protagonistas perde um dente, mas não foi necessário usar qualquer tipo de maquiagem para fazer a cena. O ator Ed Helms já não tinha um dente desde quando era criança, então em algumas cenas ele só precisava remover seu dente postiço.

11 – Você sabe como exatamente o famoso músico Sting apareceu no primeiro longa-metragem de Guy Ritchie – “Jogos, Trapaças e Dois Canos Fumegantes” – mesmo sendo desconhecido na época? A esposa do Sting, Trudy Styler, é a proprietária da agência de produção. Um dia, Trudy assistiu ao curta-metragem “Difficult Business”, do qual gostou tanto que arriscou investir dinheiro em um longa-metragem. Sting apareceu em um papel pequeno – o dono do bar e do pai do protagonista – e o filme fez de Guy Ritchie um dos diretores mais cultuados dos tempos modernos.

10 – Em “Divertidamente”, os criadores colocaram um detalhe genial: para todos os personagens que representam as emoções, a cor de seus olhos coincide com a cor de suas próprias emoções. Isso em todos, exceto na Alegria: a cor dos olhos dela é azul, a mesma cor que os da Tristeza. A equipe de produção queria enfatizar que a Alegria e a Tristeza sempre andam juntas.

9 – Stanley Kubrick, o diretor do filme “O Iluminado” era conhecido por seu perfeccionismo. E seu perfeccionismo foi tão longe que, em vez do filme durar 17 semanas para ser filmado (como havia sido planejado), acabou durando 51 semanas! A cena do diálogo entre Shelley Duval e Jack Nicholson foi filmada 127 vezes, de modo que foram necessários “apenas” 3 dias e 60 takes para filmar a famosa cena “O Johnny está aqui!”.

8 – No filme “Ameaça Terrorista”, os criadores decidiram não se incomodar muito para mostrar como os programadores modernos desarmam uma bomba: no filme isso foi feito usando o programa Microsoft Excel. Curioso, não é mesmo?

7 – Em uma de suas entrevistas, o diretor de arte do filme “Matrix”, Simon Whiteley, explicou que o que inspirou a criação de famosas linhas verdes verticais de código correndo pela tela foram os hieróglifos dos livros de culinária japonesa da sua esposa.

6 – Em uma das cenas do filme “Os Oito Odiados”, o herói Kurt Russell quebra sua guitarra com um estrondo. O Martin Museum forneceu a guitarra mais rara de 1870 especificamente para filmagem, com a qual várias cópias também foram feitas. Durante a cena, a equipe de produção acabou confundindo a guitarra original da cópia e ele acabou destruindo… a própria! Como resultado, o museu anunciou que nunca mais, em nenhuma circunstância, forneceria guitarras para fazer filmes.

5 – No filme “Um Sonho de Liberdade”, a cena da primeira conversa de Andy e Red durou 9 horas para ser gravada. Todo esse tempo, o ator Morgan Freeman continuou jogando a bola de baseball com o braço sem reclamar. No entanto, no dia seguinte ele chegou ao set com seu braço enfaixado.

4 – No início de “Harry Potter e o Cálice de Fogo”, podemos ver o logotipo da Warner Bros. Refletido nele, é possível ver um reflexo da Nagina, a cobra de Voldemort. Eles colocaram ela por uma razão: a cobra aparece em uma das primeiras cenas do filme.

3 – A artista Margaret Keane, a inspiração por trás do filme “Grandes Olhos”, apareceu em uma das cenas. Ela interpretou uma mulher que se senta em um banco e lê um livro atrás da personagem principal. Uma foto da artista e a atriz Amy Adams, que fez o papel da artista, aparece no final do filme, antes dos créditos finais.

2 – O orçamento do filme “Clube de Compras Dallas” pelos padrões de Hollywood foi bastante modesto: por exemplo, apenas US $ 250 foram destinados para maquiagem durante todo o período de gravação. Além disso, Adruita Lee e Robin Matthews, que trabalharam como maquiadores, receberam o Oscar na categoria de Melhor Maquiagem e Penteados. Quem disse que se precisa de muito dinheiro para os melhores looks, não é mesmo?

1 – No filme “O Rei do Show”, há um segredo curioso: nos créditos de abertura, vemos um padrão em que é fácil ver as garras de Wolverine. O principal papel do filme foi interpretado por Hugh Jackman – o mais famoso Wolverine de todos os tempos.

Incrível, não? E você, sabia de algum desses fatos ou conhece outros igualmente surpreendentes? Compartilhe conosco nos comentários!

[ADME]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.