As 10 águas mais perigosas do mundo

Muitas pessoas não conseguem imaginar suas férias se não foram na praia, em uma piscina, ou em qualquer outro lugar onde exista água. No entanto, esses lugares nem sempre são tão seguros assim, como você vai conferir na lista abaixo, onde elencamos as águas mais perigosas do mundo:

1. “Grande Buraco Azul” – Belize.

A maré nesta localidade do Belize faz com que o local seja transformado em um vórtice que atrai tudo o que está na superfície, enquanto jorra para cima grandes colunas de água. Mesmo assim, muitas pessoas se aventuram por lá em sessões arriscadas de mergulho.

© Seann McAuliffe/flickr

2. Poço de Jacó – Estados Unidos

Este poço natural de 9 metros de profundidade, com águas cristalinas, é um dos locais de mergulho mais perigosos do mundo. No fundo do Poço de Jacó há várias entradas para uma ampla rede de cavernas, das quais muitos não conseguem sair.

© imgur   © wikipedia

3. Lago Michigan – Estados Unidos.

O Lago Michigan é talvez tão notório quanto o Triângulo das Bermudas, já que é palco para uma série de acidentes aéreos nos Estados Unidos, ocorridos por razões não compreendidas.

Mistérios de lado, o lago por si só é bastante perigoso, já que a formação de suas correntes não segue um padrão, e tira dezenas de vidas a cada ano.

© nasa

4. Lago Natron – Tanzânia

O Lago Natron é um dos lagos mais salgados e alcalinos da Terra, sendo coberto por uma camada espessa de sal que muitas vezes assume a coloração vermelha.

© nasa   © eastnews

5. Buraco Azul – Dahab

O Buraco Azul é talvez um dos lugares mais perigosos para os amantes do mergulho, já que vários mergulhadores já perderam suas vidas em suas cavernas. Mergulhadores experientes dizem, no entanto, que pessoas treinadas e com experiência podem mergulhar sem medo: a causa da morte geralmente é narcose por nitrogênio ou capacidade insuficiente de ar durante a subida.

© Tim Sheerman-Chase/flickr   © depositphotos

6. Horseshoe Lake – Estados Unidos

O dióxido de carbono emitido pelas fissuras no fundo do Horseshoe Lake é mortal para qualquer tipo de vida. O lago já foi a causa da morte de quatro pessoas, bem como as árvores que vivem ao redor dele. Não é para menos que o local está cercado de placas de perigo.

© Linnea ☀/flickr

7. Lago Fervente – Dinamarca

Este lago montanhoso, localizado a oito horas do solo, pode aquecer até 92°C devido a jatos de ar quente debaixo do solo. Banhistas são totalmente proibidos, mesmo se não houver bolhas em sua superfície, porque a fervura começa em questão de segundos.

© Göran Höglund (Kartläsarn)/flickr

8. Rio Tinto – Portugal/Espanha

A escavação fóssil que tem sido realizada na cabeceira do rio Tinto por mais de 3000 anos levou-o a ser saturado com cobre, ferro e metais pesados, com a acidez saltando de forma extrema. No entanto, mesmo em tais condições, o rio tem um ecossistema própria, que inclui bactérias que oxidam os metais e tornam a água vermelha brilhante.

© wikipedia   © eastnews   © eastnews

9. Passagem de Drake

Muitos icebergs, vento que chegam a velocidades exorbitantes, correntes fortes e pouca visibilidade fazem parte dos desafios que os navios que atravessam a Passagem de Drake devem enfrentar. A passagem é considerada um verdadeiro cemitério de navio.

© Ville Miettinen/flickr

10. Lago Kivu

© Johnny Peacock/flickr

Este lago aparentemente pacífico guarda um segredo mortal: há camadas de CO2 nele e 55 bilhões de metros cúbicos de metano na parte inferior. Mesmo o menor terremoto pode causar uma enorme explosão capaz de afetar mais de 2 milhões de pessoas que vivem em torno de Kivu.

Bônus: Criaturas marinhas

Se você decidir nadar em um rio, lago, ou em qualquer outra massa de água, certifique-se de verificar se é seguro tomar banho lá, porque mesmo lugares que atraem turistas podem estar infestados de lampreias, sanguessugas, ou outro tipo de animal aquático desagradável. Cuide-se!


© Dave Herasimtschuk | FI | NAIAD.org  

via BrightSide.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.